Translate

16 de novembro de 2012

CANTANDO NA PRISÃO!



É possível cantar em uma cela de presídio, quando tudo está escuro e a dor bate forte no coração? É possível glorificar o nome do Senhor quando a enfermidade está presente? É possível adorar Jesus Cristo quando o desemprego é uma realidade?

A Bíblia narra um fato que aconteceu com Paulo e Silas. Na prisão, eles sofriam injustamente pelas feridas causadas pelas torturas. Estavam algemados e amarrados com correntes e por conta disso sentiam dores. O ambiente era sombrio, nada agradável. Não tinha rádio, televisão, internet; mas mesmo assim, os dois homens de Deus cantavam.  O texto diz: “E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam” – (Atos 16:25).

Como explicar este comportamento? Simples! Paulo e Silas não estavam abandonados. Jesus estava lá. É impossível as trevas prevalecerem diante da presença de Jesus. Ele disse: “Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida” – (João 8:12).

Quando o homem deixa Jesus habitar em seu coração, ele se torna consciente de que tudo aquilo que acontece servirá para o seu fortalecimento físico. emocional e espiritual. Confira em sua Bíblia a história completa em Atos capítulo 16, e tome pra si o exemplo destes dois homens que não se deixaram contaminar com a murmuração diante da adversidade.

_____________________Plínio Cavalheiro.


Nenhum comentário: