Translate

15 de fevereiro de 2014

CONHECENDO A VONTADE DE DEUS!



Entre as coisas que incomodam grande parte dos filhos de Deus é o desconhecimento da vontade do Pai. Saber o que Deus pensa e o que Deus tem envolvendo ministérios e as demais funções do cotidiano é decisivo para o filho crescer com saúde dentro do corpo onde ele está inserido.
 
Ainda que temporariamente, a dúvida entorpece a mente e é agente de paralisação de projetos que por vezes são exatamente a vontade de Deus. Assim sendo, o que fazer para descobrir qual é a vontade de Deus?

Digamos que existem chaves que abrem arquivos onde a vontade de Deus se revela. A primeira chave se chama “Bíblia”. A Bíblia é um manual de fé e prática onde Deus concentra suas vontades e nela está escrito que todos podem experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus – (Romanos 12:2b). Portanto, nada mais prudente do que checar se aquilo que se pede ou se espera está em concordância com as Escrituras Sagradas.

É contrassenso insistir com Deus para que Ele dê seu parecer sobre um relacionamento onde o jugo é desigual se a resposta está implícita na própria Bíblia? Paulo registrou a vontade de Deus desta forma: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel?” – (2 Coríntios 6:14,15).

A segunda chave se chama “glorificação”. Paulo escreveu: “Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus” – (1 Coríntios 10:31). É de suma importância que a motivação seja levada em contas quando se tem dúvidas sobre a vontade de Deus. Se o projeto não glorifica a Deus, então não tem porque ser da vontade dele.



A terceira chave se chama “verdade”. “Deus deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade” – (1 Timóteo 2:4). Sem a “verdade” o homem continua prisioneiro daquele que é pai da mentira, o diabo. A Bíblia registra: “E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará" – (João 8:32). A verdade é Cristo. Jesus se alto intitulou: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim” – (João 14:6).


Como saber qual a vontade de Deus? O primeiro passo é se envolver com as Escrituras Sagradas e através dela se inteirar daquilo que Deus pensa a respeito de todas as coisas. Deus não é omisso e nem enigmático. Ele deseja que todos indistintamente conheçam sua verdade e por ela sejam libertados, perdoados de seus pecados e recebam a salvação eterna através de Jesus Cristo. “E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará" – (João 8:32).


 


 


_________________ Plínio Cavalheiro.

Nenhum comentário: