Translate

23 de fevereiro de 2014

TEVE FOME




É assim que está escrito. Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. Depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, “teve fome”. Não é pra menos, abster-se de alimento sólido por quarenta dias não deve ser fácil, mesmo quando a motivação é o jejum como foi o caso de Jesus. Sim, Jesus teve fome e foi tentado pelo diabo.

Você se escandaliza com isso? Pois não deveria! O diabo não deixa passar nenhuma oportunidade quando esta surge diante de seus olhos. Estava ali diante dele um homem com poder e autoridade sobre tudo e todos. Todavia, o diabo sabia que Jesus tinha jejuado e estava faminto. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa tentar e devorar.

Talvez sua necessidade não seja a fome propriamente dita. Contudo, necessidade não se restringe unicamente à área do estômago ou na despensa da cozinha. Necessidade é a falta de tudo quanto carecemos para manter o equilíbrio da saúde física, emocional e espiritual. Portanto, Sejam sóbrios e vigiem.

Você se lembra de quando Jesus chamou os discípulos e disse a eles que eles seriam pescadores de homens? Pois bem, o diabo também usa a mesma tática, com a diferença de que a isca colocada no anzol é a “tentação”. Para não cair em tentação é imperativo alimentar a alma, a mente e o próprio corpo. No entanto, selecionar o cardápio é mais importante ainda. No deserto Jesus olhando de frente para o diabo, disse: "Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’" – (Mateus 4:4).

Quando o homem valoriza e “come” a Palavra que sai da boca de Deus, ele se fortalece para enfrentar e vencer as adversidades, inclusive as tentações que são muitas. A Palavra de Deus é poderosa. Como diz no livro de Hebreus: “Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração” – (4:12).

“Teve fome”. Sim, Jesus teve fome do alimento que satisfaz o físico, e isto se deu por conta de sua deliberação espontânea em jejuar. Porém, sua vitória sobre o diabo se deu por causa de seu espírito estar saciado pelo alimento que desce do céu. Faça você o mesmo quando for tentado. Olhe direto para o tentador e diga: “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus" – (Mateus 4:4).

 _____________________ Plínio Cavalheiro.

Nenhum comentário: