Translate

19 de outubro de 2012

METÁSTASE GENERALIZADA!



A raiz que se encontra abaixo da superfície do solo tem suas funções básicas – servir como meio de fixação da planta, sinaliza-la para o devido crescimento e por fim mantê-la viva. Em síntese, “raiz” é um benefício, dependendo do tipo da planta que está ligada a ela.

Paulo escrevendo a Timóteo diz: “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores” – (I Timóteo 6:10). Perceba que Paulo não diz que o cristão deve fazer voto de pobreza. O apóstolo alerta sobre o perigo da busca desmedida e o amor ao dinheiro.

Um dos males causado pela raiz deste amor maléfico é a morte. Judas, um dos doze apóstolos de Jesus, coincidência ou não, tesoureiro, se deixou seduzir por trinta moedas de prata (Mt 26.15). Ele certamente não teria dado sequência ao seu projeto traiçoeiro, não fora o amor que sentia pelo dinheiro. Uma raiz atraiu outra raiz. Maquinou, negociou o preço, traiu o amigo e discipulador inocente e por fim se enforcou.

Amor ao dinheiro é uma doença (câncer) que ocasiona metástase generalizada que entra na corrente sanguínea prejudicando o corpo em sua plenitude. Uma raiz contamina outra raiz. Você sabe - "Uma única maçã podre pode estragar o cesto inteiro".

Certa ocasião Jesus usou uma parábola onde o personagem central era um homem que amava o dinheiro e fazia dele um instrumento de “proteção” permanente. Sabe qual foi o desfecho da alegoria? Veja: “Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus” – (Lucas 12:20,21).

A palavra de Paulo a Timóteo mostra a realidade de muitos cristãos que se enveredaram pela rota de Mamon (dinheiro) e se desviaram da fé. A Bíblia diz: “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom” – (Mateus 6:24).

Diante disso fica este questionamento: Quem é o seu Senhor? Espero que você tenha respondido sem vacilar – “Meu único Senhor é o Deus criador de todas as coisas, dono da prata e do ouro”. Amém?

_______________Plínio Cavalheiro.

Nenhum comentário: